Manoel de Barros.

O livro das ignorãças. São Paulo: Civilização Brasileira, 1983.